.Thank you //

10685135_10203346096347718_1843002477_n

Anúncios

.Vitrina /mounting/final/

O dia da montagem chegou.
Durante todo o projecto fui coleccionando o maior número de caixas.
Andei pelo Porto e fui encontrando caixas que fossem o mais limpas e apropriadas.
Foi um processo bastante divertido, isto porque, encontrei do mais variado e muitas vezes era-me impossível trazê-las sozinhas. Pedi ajuda a amigos nesta procura pelo meu tesouro de cartão. Ainda descobri alguma competição, porque, a partir das 18h há pessoas que fazem a recolha das caixas e depois voltam a vende-las. (Ainda tive que
batalhar para conseguir algumas). Foi uma aventura para não esquecer.
Quanto ao resultado, ficou melhor do que pensava.
Na escola sentia algum receio, porque parecia que as caixas estavam fora de contexto,
mas há medida que as fui montando na loja a sua beleza foi realçada. Depois da composição, as próprias lojistas ficaram entusiasmadas com o resultado.
Simples ou não, as caixas ganharam sentido no momento que foram inseridas no meio da loja. O grau de dificuldade em termos de construção de materiais pode não ter sido alto, mas o facto de a simplicidade jogar na concretização de uma composição gráfica o trabalho ganhou com isso.


vitrine_detalhe vitrine_final

.Vitrina /concept & visual sketch/

Com a ideia das caixas, o conceito nasce como uma forma de dar ênfase ao nome da loja que pareceu perdida no meio das janelas. A intenção é reutilizar as caixas de forma a criar a ideia de prateleira/organização/colecção. A tipografia optada para trabalhar foi a Rockwell e a Knockout. E será um “jogo” de contrastes, entre:
– tamanho, forma e perspectiva.

estudos
tipografia_1  composição vitrine

.Vitrina /visual research/

Para construir a “narrativa”/conceito, comecei por fazer uma nova pesquisa
visual sobre colecção e o que requer coleccionar.

1ba52a4c4f0541deec888e08f86176ce 4f6f5fc30c31f4037bf17c75b80da8b2 44b072c6c04ac075d1839b8adc018e12 47c28933de0115c2ffb8df5dd6ebddec 895a418c97660717189416dc98c31794 5928b5fdaeb3c3e7cb2c8188f3e07c68 a7edcfac79601031711e70a646bc17be a578666927688d461771a1ae860dbbe5 d9a029166a2618de7784319934d2d0c7 dbb7d162f778d32cdfc651c0ae0c0e3b ddb3e709c58f057a3fab596842d1d375 e9d5822c41319b274bdedccc319de95d


Nesta pesquisa reparei em duas coisas:
– a primeira foi na forma como os objectos estão expostos, tudo em prateleiras.
Isso fez-me pensar na importância da própria prateleira como uma forma que mantém a colecção em harmonia entre os objectos, sendo a organização uma forte característica.
– a segunda foi numa imagem de caixas, em que a quantidade faz a diferença e que remete a colecção e prateleira num só. Achei a ideia curiosa e que pode ser interessante moldar e compor.

a578666927688d461771a1ae860dbbe5

.Vitrina /The Chosen One/

Após o levantamento de algumas ideias sobre design de vitrinas,
os professores destacaram-me a loja Collectus – Loja de colecções.
A loja em questão vende colecções, desde:
Postais, selos, cadernetas, moedas, bonecos, livros, caixas de fósforos, etc.
Combinamos em aula um encontro com os lojistas para uma breve apresentação.
A loja fica em Travessa de Cedofeita, 8A/8D.
Como a loja tem três montras, optei por utilizar a do meio.

vitrine 1  vitrine 2

vitrine 3